Governador e Enivaldo entregam “cabeças” de oito pontes na ES 381
sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Compromisso assumido, compromisso cumprido. É assim que se posicionou o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) sobre a inauguração das obras de acesso das oito pontes existentes ao longo dos 36km da rodovia BR/ES 381, entre os entroncamentos das rodovias estaduais ES 080, em Águia Branca, e ES 137, em Nova Venécia.
Na manhã desta sexta-feira (13), o governador Renato Casagrande, acompanhado do diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES) Luiz Cesar Maretto Coura, e do deputado Enivaldo, líder do Governo na Assembleia Legislativa, inaugurou as obras das “cabeças” de ponte. 
A cerimônia foi realizada na Quadra Poliesportiva do bairro Cristalino. Entre os serviços executados, foram feitas terraplanagem, pavimentação e sinalização. Durante a visita, o governador percorreu a rodovia e visitou a cabeceira da Ponte do Cristalino - uma das oito que foram pavimentadas - e viu a conclusão das obras. As oito pontes são de grande importância para a região, uma vez que a via é fundamental para os produtores que trafegam com seus produtos em direção aos centros de comercialização.
 

TURISMO
As obras estavam pendentes desde 2011, quando a rodovia foi pavimentada no primeiro governo de Renato Casagrande. A obra foi solicitada pelo deputado Enivaldo dos Anjos, representante do Noroeste no Legislativo, em janeiro de 2018, visando a facilitar o tráfego entre Barra de São Francisco e Nova Venécia e, daí, a São Mateus, contribuindo para o fluxo de turistas de Minas Gerais para as praias do litoral Norte do Espírito Santo.
A rodovia passa pelos distritos de Guararema, Cedrolândia e Cristalina. “A não conclusão da obra prejudicava a indústria e a agricultura da região e dificultava a locomoção dos que por ali transitam, expondo os motoristas a assaltos nos desvios inacabados que obrigavam a redução de velocidade de motos e carros. A região é muito importante para o desenvolvimento do noroeste capixaba”, disse Enivaldo dos Anjos.
Ademais, o traçado da ES 381 compõe também trecho da BR 381, a mesma rodovia que atravessa o Vale do Aço e projeta-se para interligar os dois principais corredores de ligação Norte e Sul do Brasil, as BRs 116 (Rio-Bahia pelo interior), em Governador Valadares (MG), e 101 (chamada de Rio-Bahia litorânea), em São Mateus (ES), onde está seu KM0, seguindo até Bragança Paulista, no Estado de São Paulo.
A BR 381 possui, ao todo, 1181 quilômetros, dos quais 95 em São Paulo, 950 em Minas Gerais e 136 no Espírito Santo. Agora, o deputado Enivaldo dos Anjos fez uma indicação ao governador Renato Casagrande para duplicação dos 136km da BR 381 para compor o Corredor Logístico Norte-Noroeste no Espírito Santo até o futuro Centro Portuário de São Mateus.


IMPORTÂNCIA
“As obras são de grande importância para Nova Venécia e as regiões Nordeste e Noroeste. Beneficiando outros municípios como Barra de São Francisco e São Gabriel da Palha. O Governo do Estado, por meio do DER, manterá investimentos não só na Grande Vitória, mas no interior do Estado”, disse Luíz Cesar Maretto, do DER-ES. 
A conclusão das obras vem para beneficiar o percurso com segurança para os motoristas com as diversas cargas que transportam, principalmente da produção agrícola cultivada em pequenas propriedades e seguem na direção ao município de Barra de São Francisco, São Gabriel da Palha e para os moradores das comunidades e distritos locais, como Guararema, que utilizam a rodovia como a principal via de deslocamento.  
O investimento total é de mais de R$ 6,3 milhões, com recursos do próprio Estado do Espírito Santo. Foram entregues finalizados os seguintes acessos: ponte sobre o curso d’água Córrego Boa Esperança – 15 metros; Ponte sobre o curso d’água São João do Boto – 10 metros; Ponte sobre o curso d’água Bela Vista/ Machado – 6 metros; Ponte sobre o curso d’água Nascente Cristalino – 20 metros; Ponte sobre o curso d’água Tucum – 10 metros; Ponte sobre o curso d’água Central – 6 metros; Ponte sobre o curso d’agua Central – 12 metros; Ponte sobre o curso d’agua Central – 12 metros.

 

Compartilhe: