Professores e alunos de Barra de São Francisco visitam navio-livraria em Vitória
sexta-feira, 18 de outubro de 2019

 

Alunos do sexto ao oitavo ano da escola municipal João Bastos, em Barra de São Francisco, visitaram na última quarta-feira (16) o navio Logos Hope, que é a maior livraria flutuante do mundo. . A visita serviu como base de pesquisa para o “Projeto Revista” que foi criado na instituição para auxiliar no desenvolvimento da leitura e da interpretação de texto.

“É uma felicidade plena poder mostrar para estas crianças aqui, na visita ao navio-livraria, que o estudo é uma estrada que vai levar além, que a leitura vence fronteiras e histórias fazem as pessoas”, comentou a professora e coordenadora do projeto, Eusane Saar.

A viagem de 250 quilômetros entre Barra de São Francisco e Vitória foi viabilizada pelo deputado Enivaldo dos Anjos. Ele conheceu o “Projeto Revista” no início do ano, quando concedeu uma entrevista aos alunos participantes. Na ocasião, Enivaldo soube que parte das crianças nunca tinha visitado a capital do Estado e se prontificou a apresentar a cidade a eles “em um momento oportuno”.

“Fico feliz em contribuir com o desenvolvimento dos alunos. Sei o quanto é importante para o desempenho profissional e pessoal desses jovens visitar instalações como esta e ampliar seus horizontes. O conhecimento nos leva a lugares inimagináveis”, destacou o parlamentar.

Além do navio a comitiva visitou também o museu Vale, do outro lado da Baía de Vitória. “O passeio foi enriquecedor. Na Vale eles tiveram uma bela aula de história. Foi emocionante”, pontuou a professora Eusane, que explicou um pouco do Projeto Revista: “No projeto colocamos os alunos para vivenciar o texto antes de escrever. A leitura tem um efeito maior quando vivenciada, o texto escrito tem um peso maior quando vivenciado. Com esse projeto queremos que esses alunos sejam grandes leitores e grandes escritores’, explicou.

 

LIVRARIA FLUTUANTE

O navio Logos Hope, considerado a maior livraria flutuante do mundo, com seus 132,5 metros de comprimento e nove andares, está atracado no Porto de Vitória desde esta quarta-feira (9) e fica aberto ao público desta quinta (10) até 20 de outubro. São cinco mil obras para todas as faixas etárias.

São cinco mil obras para todas as faixas etárias. A feira flutuante contém títulos voltados para literatura infantil, culinária, ciência, hobbies, autoajuda, liderança, dicionários, literatura cristã, interesses profissionais e de carreira, desenvolvimento pessoal, entre outros títulos literários.

O navio fica aberto à visitação pública de terça-feira a sábado, das 10 às 21 horas, e aos domingos, das 14 às 21 horas. A entrada custa R$ 5, mas adultos com mais de 60 anos e crianças menores de 12 anos acompanhadas por um adulto não pagam.

 

Compartilhe: